Orquestra Sinfônica do Paraná apresenta concerto com tesouros perdidos da música erudita

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Obras que serão tocadas pela OSP ficaram desaparecidas por períodos de 30 a 100 anos

O próximo concerto da OSPdomingo, 21/10, às 10h30, se chama Os Tesouros Perdidos. Este nome não foi escolhido à toa pelo maestro-titular Stefan Geiger. “Neste concerto, teremos obras que ficaram desaparecidas por anos e agora foram redescobertas”, disse o maestro.

O programa do concerto, que será realizado no Guairão e terá regência do maestro convidado Raphael Haeger, inclui três obras. A mais curiosa delas talvez seja a segunda música do concerto: a Canção Fúnebre, de Igor Stravinsky. Composta em homenagem ao seu mentor e apresentada uma única vez, em junho de 1909, suas partituras se perderam em meio à Revolução Russa.

Apesar do grande interesse de muitos músicos russos em descobrir o paradeiro da obra, apenas em 2015, 107 anos depois, um bibliotecário do Conservatório de Moscou encontrou algumas partes atrás de um piano, em meio a vários outros documentos antigos. A musicóloga Natalya Braginskaya, especialista em Stravinsky, a reconheceu oficialmente como a obra perdida.

A história da Sinfonia Nº 1 em Ré Menor, de Rachmaninoff, terceira música do concerto, é parecida. Considerada um fracasso na sua época de estreia, o compositor abandonou as partituras em Moscou em 1917. Cerca de 30 anos mais tarde, a obra foi encontrada no Conservatório de Leningrado (São Petesburgo), mas só foi apresentada novamente na versão original em 1972.

Para abrir este programa de joias perdidas, foi escolhida a música Conto de Fadas de Inverno, de Josef Suk. Inspirada em um conto de Shakespeare, é uma obra que vem ganhando reconhecimento nos últimos anos, sendo considerada por alguns críticos como o auge da carreira de Suk, apesar de ter sido escrita quando ele tinha apenas 20 anos.

Os ingressos para o concerto Os Tesouros Perdidos, da Orquestra Sinfônica do Paraná, já estão à venda na bilheteria do teatro e pelo Disk Ingressos. Os valores são de R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia).

Sobre o maestro Raphael Haeger

Raphael Haeger é alemão e percussionista na Orquestra Filarmônica de Berlim desde 2004. Ele é mestre em regência pela Hanns Eisler Academy for Music e já trabalhou como maestro com as orquestras Neubrandenburger Pilharmonie, Brandenburger Symphonikern, dentre outras.

Serviço

Concerto Os Tesouros Perdidos
Domingo, 21/10, às 10h30
Auditório Bento Munhoz da Rocha Neto – Guairão
Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)

Acompanhe a OSP e o Teatro Guaíra nas redes sociais

OSP
Facebook: facebook.com/orquestrasinfonicadoparana
Instagram:@orquestrasinfonicaparana

Teatro Guaíra
Facebook:facebook.com/teatroguaira

Instagram:
@teatroguaira

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.