Viagem sobre trilhos: explorando a Grã-Bretanha com o BritRail Pass

Jader Almeida no Salone del Mobile܂Milano
15 de abril de 2024
História de 50 anos da Tirol fará parte do livro Grandes Marcas de Santa Catarina
16 de abril de 2024

As jornadas únicas e deslumbrantes pelos trilhos britânicos ficam mais práticas com os passes de trem 

A Grã-Bretanha guarda alguns dos trajetos de trem mais emblemáticos e surpreendentes do mundo – e uma viagem por solo britânico só está realmente completa com pelo menos uma aventura de trem. Os visitantes aproveitam a conveniência das viagens de trem através de uma extensa e eficiente rede ferroviária, que abrange desde os campos verdejantes da Inglaterra até as inesquecíveis paisagens das Terras Altas na Escócia, sendo o modo de transporte perfeito para explorar uma infinidade de destinos fascinantes ao longo do caminho.

Ao optar por viajar de trem pela Grã-Bretanha, os visitantes têm a liberdade de relaxar e apreciar as vistas deslumbrantes que desfilam diante de suas janelas, enquanto são transportados de forma confortável e eficiente de uma cidade a outra. Além da conveniência e do conforto, as viagens de trem proporcionam aos viajantes a oportunidade de mergulhar na rica história e nas tradições únicas de cada região, além de ser uma opção sustentável para ir de um ponto a outro.

Outra grande vantagem das viagens ferroviárias é a experiência panorâmica que muitas rotas oferecem, proporcionando uma visão privilegiada de paisagens deslumbrantes, seja no interior ou em trajetos à beira-mar. Assim, é possível aproveitar ao máximo o itinerário da viagem e conhecer melhor cada destino visitado.

Para explorar a Grã-Bretanha de trem, o BritRail Pass é a escolha ideal, uma vez que permite usos diversos, com flexibilidade e valor reduzido em relação às passagens avulsas. Disponível na loja online do VisitBritain, o BritRail Pass oferece diferentes modalidades de viagem, regiões e duração, podendo se adaptar a diversos perfis de viagem.

O VisitBritain preparou um roteiros completos para explorar Inglaterra, Escócia e País de Gales usando o BritRail Pass. Confira abaixo:

Destaques da Escócia e do Distrito dos Lagos

Rota: Londres – Edimburgo – Fort William – Ilha de Skye – Inverness – Glasgow – Windermere

Bilhete: BritRail GB M-Pass ou BritRail Euro GB M-Pass (para residentes europeus)

Para visitar cidades vibrantes, castelos, lagos, Terras Altas e encostas, o Caledonian Sleeper de Londres a Edimburgo é a opção ideal para uma noite de sono tranquila no trem, chegando na capital da Escócia pela manhã (o custo de reserva de assento não está incluído no BritRail Pass e deve ser adquirido antecipadamente). Edimburgo é um prato cheio para todos, desde uma visita ao Museu Nacional da Escócia até um Cheese Crawl.

Seguindo para o norte é possível chegar até Fort William, uma cidade à beira-mar situada aos pés da Cordilheira de Nevis, que abriga o pico mais alto da Grã-Bretanha, Ben Nevis. Fort William serve como um centro para aventuras ao ar livre, com uma ampla gama de atividades disponíveis, incluindo paddleboarding e golfe no Fort William Golf Club, que oferece vistas deslumbrantes.

Mountain Bike é um dos esportes mais praticados nas florestas das Terras Altas da Escócia. Foto:VisitBritain/Kris Williams

West Highland Line, conhecida como um dos trechos ferroviários mais impressionantes do mundo, atravessa o icônico Viaduto Glenfinnan, como visto nas cenas do Expresso de Hogwarts de Harry Potter – uma visita obrigatória na região. De Mallaig, a parada final, é possível embarcar na balsa para a Ilha de Skye, onde os viajantes conseguem desfrutar da paisagem mágica da ilha através de atividades como caiaque no mar ou uma caminhada até o Farol de Point of Sleat.

De volta ao continente, uma boa pedida é pegar um trem para Inverness, a porta de entrada para o Lago Ness. É a oportunidade perfeita para visitar o Castelo de Inverness ou fazer um emocionante passeio de lancha pelo Lago Ness.

Indo em direção sul temos um dos centros urbanos mais descolados da Escócia: Glasgow, repleta de arte e cultura. É possível explorar a trilha de murais do centro da cidade ou visitar o Jardim Botânico de Glasgow.

O Jardim Botânico é um dos principais pontos turísticos de Glasgow.

Foto: Erika D’Agnese

De Glasgow há o trajeto de trem para o coração do Distrito dos Lagos até Windermere, e a área pode ser explorada tanto na água, alugando um barco a motor, quanto em terra, seguindo uma das muitas rotas de caminhada disponíveis.

Cultura do País de Gales e castelos ao longo da costa

Rota: Cardiff – Aberystwyth – Harlech – Chester
Bilhete: BritRail GB M-Pass ou BritRail Euro GB M-Pass (para residentes europeus)

Um verdadeiro mergulho nos castelos, na cultura e no litoral fazendo uma viagem pelo País de Gales usando a malha ferroviária como guia! Começando na vibrante cidade de Cardiff toda a história contida numa visita ao Castelo de Cardiff é imperdível. Para aqueles que preferem aventura, a nova experiência SCALE no Principality Stadium também pode entrar no roteiro com uma escalada do telhado do estádio seguida de tirolesa ou rapel para finalizar.

Cardiff é uma cidade histórica, repleta de experiências urbanas unicas

Foto: Jessie Ann Lewis

De Cardiff, um trem para Aberystwyth permite aos viajantes que desfrutem de uma pausa à beira-mar. Um passeio pelo animado centro da cidade e ao longo do calçadão vitoriano vão inspirar qualquer viajante, seguido de um pôr do sol em Constitution Hill.

De lá, a jornada continua por Eryri (Snowdonia), o maior parque nacional do País de Gales, até a pitoresca cidade costeira de Harlech, no norte do País de Gales. O Castelo de Harlech, situado no topo da colina, é um ótimo passeio para começar o dia, seguindo para a rua principal de Harlech em seguida, onde suas lojas independentes exibem presentes e souvenires únicos para levar para casa.

Sugerimos que a viagem termine na encantadora cidade de Chester, um local perfeito para fazer compras, admirar sua arquitetura icônica e aprender sobre a herança romana do lugar.

Charmoso bairro residencial à beira do Rio Dee em Chester, Inglaterra.

Foto: Getty Images/iStockphoto/trabantos

Costas da Cornualha, Projeto Éden e Cidade Marítima

Rota: Londres – St Ives – Falmouth – St Austell – Newquay – Plymouth

Bilhete: BritRail South West M-Pass

Este roteiro é uma verdadeira jornada pelo Velho Oeste da Inglaterra a bordo do trem noturno Night Riviera, partindo de Londres em direção à deslumbrante St Ives, onde os passageiros chegam pela manhã (o custo dareserva de assento não está incluído no BritRail Pass e deve ser adquirido com antecedência) . Nesta região da Cornualha, o ideal é aproveitar as diversas praias de St Ives, degustar um tradicional Cornish pasty (uma espécie de pastel típico da região) na St Ives Bakery e apreciar a inspiradora combinação de arte e paisagens de tirar o fôlego no Tate St Ives.

Vista panorâmica da praia de St. Ives.

Foto: Visit Britain

Continuando a sua jornada em direção ao leste temos Falmouth, passando pela cidade mercantil de Truro através dos campos ondulados da zona rural da Cornualha. Falmouth é uma cidade portuária bem movimentada, repleta de atividades e atrações, como o Castelo Pendennis e a premiada Falmouth Art Gallery, além das inúmeras opções de esportes aquáticos disponíveis.

Seguindo para o norte até a antiga cidade mercantil de St Austell, uma visita à St Austell Brewery, de gerência familiar, proporciona uma autêntica experiência da Cornualha. Com um pouco mais de tempo é possível fazer uma visita ao emblemático Projeto Éden (Eden Project), uma atração imperdível que abriga uma grande variedade de plantas de todo o mundo.

A próxima parada é Newquay, na costa do Atlântico Norte, conhecida como a meca dos surfistas. É o local perfeito para fazer ma aula de surf na St Ives Surf School na praia de Fistral ou para explorar a costa da Cornualha em um Sea Safari.

Baía da cidade de Newquay, com uma praia de areia dourada é águas cristalinas.

Foto: VisitBritain/Llio Angharad

E, finalmente, temos Plymouth marcando o fim da viagem, com seu icônico farol e uma variedade de opções gastronômicas e bebidas premiadas. Para explorar a costa da cidade de maneira única, uma sessão com o Social Paddle Board é uma excelente pedida.

Passeio Cultural pela Cidade

Rota: Londres – Brighton – Bristol – Manchester – Liverpool – Leeds

Bilhete: BritRail Inglaterra M-Pass

Todo o brilho de algumas das maiores cidades inglesas está nesse roteiro! Começando por Londres, o primeiro trecho de trem é até Brighton, uma cidade vibrante com uma variedade de experiências divertidas, incluindo o Brighton i360, o Royal Pavilion e a The Upside Down House.

De lá, um trem para Bristol coloca os viajantes os passos de Banksy em um passeio pelo que há de mais icônico na arte de rua. Para quem está procurando uma experiência imersiva única, uma visita ao parque Wake the Tiger é um prato cheio.

Ruas encantadoras de Bristol repleta de lojas, com suas fachadas pintadas.

Foto: Lee Thomas/Alamy Stock Photo/Upfest

A próxima parada é Manchester, uma cidade do norte repleta de pontos culturais, famosa por seu futebol e cenário musical incomparável. Explorar o Museu Nacional do Futebol, participar de um passeio temático com o Manchester Taxi Tours ou adquirir ingressos para um concerto na Co-Op Live Arena, programada para ser inaugurada este mês

Liverpool fica a menos de uma hora de trem de Manchester e oferece uma grande variedade de museus e atrações. O British Music Experience traz um mergulho pela histórica da música britânica e também é possível explore o local de nascimento dos Beatles no The Cavern Club. Para os fãs de cinema, um tour pelo Royal Liver Building, que foi usado como local de filmagem em The Batman.

Por fim, uma visita a Leeds para descobrir essa joia escondida, começando pela cena gastronômica da capital do Norte da Inglaterra. Para explorar a cidade, o Leeds Food Tours ou a Street Art Trail trazem a gastronomia e a arte para o centro das atenções.

Sobre o VisitBritain

O VisitBritain é a agência oficial do Governo do Reino Unido encarregada da promoção da imagem de destino e da indústria do turismo da Grã-Bretanha aos consumidores, ao comércio de viagens e aos meios de comunicação social em 21 mercados em todo o mundo, incluindo o Brasil.

Acesse www.visitbritain.comwww.visitbritain.org,www.facebook.com/lovegreatbritain.br

Foto destaque:VisitBritain/David Clapp