Sol: vilão ou mocinho?

Desfralde e Chupeta: Autoras curitibanas lançam dois livros para abordar o tema
15 de maio de 2024
5 elementos dispensáveis nos projetos residenciais
15 de maio de 2024

Pesquisa revela que a falta de exposição moderada ao sol pode trazer mais prejuízos que benefícios para a saúde

Em sua recente viagem para o Brasil, a popstar Madonna não escondeu o descontentamento com o sol da cidade maravilhosa. Incomodada com o astro rei, a rainha do pop usou de todos os artifícios para poder se proteger dos raios solares com a finalidade de preservar a saúde de sua pele.

Será que o sol é de fato um vilão ou também traz benefícios para a saúde? Segundo pesquisa publicada na revista científica Proceedings of the National Academy of Sciences, ficar menos exposto ao sol pode trazer mais prejuízos que benefícios para a saúde. A Dra. Camila Mandes, biomédica esteta, esclarece. ” Passar muito tempo sob a luz solar pode ser prejudicial, já que os raios UVA e UVB se transformam em inimigos reais quando a exposição é feita sem cuidado e responsabilidade. Por outro lado, é essencial lembrar que o sol desempenha um papel crucial em nossa vida, oferecendo múltiplos benefícios para a saúde física e mental”, explica.

Além de proporcionar momentos de relaxamento e lazer, a exposição solar é saudável e necessária, inclusive para recém-nascidos e bebês. Abaixo, dra. Mendes traz dicas para se beneficiar do sol, sem comprometer a saúde.

Vitamina D: o elixir da saúde óssea e imunológica

Um dos principais benefícios da exposição solar é a síntese de vitamina D pela pele. Essa vitamina desempenha um papel fundamental na saúde óssea, fortalecendo os ossos e prevenindo condições como osteoporose. Além disso, a vitamina D é essencial para o funcionamento adequado do sistema imunológico, ajudando o corpo a combater infecções.

Bem-estar e saúde mental

A exposição à luz solar estimula a produção de serotonina, neurotransmissor responsável pela sensação de felicidade e bem-estar. Assim, dedicar um tempo ao ar livre sob o sol pode ser uma excelente forma de melhorar o humor e diminuir os níveis de estresse e ansiedade.

Melhoria da qualidade do sono

Durante o dia, a incidência do sol possui uma relevância significativa na regulação do ciclo circadiano, contribuindo assim para aprimorar a qualidade do sono. A luz solar natural desempenha um papel importante na sincronização do nosso ritmo biológico, assegurando um descanso noturno mais profundo e restaurador.

Benefícios para a pele

Apesar da importância de proteger a pele contra os danos causados pelos raios ultravioleta, a exposição moderada ao sol pode trazer benefícios à saúde da pele. A luz solar pode contribuir para diminuir inflamações e melhorar algumas condições cutâneas, como acne e psoríase. Adicionalmente, a síntese de vitamina D pela pele pode fortalecer a sua barreira de proteção e diminuir o risco de doenças.

Importância da moderação e proteção

É importante ressaltar que a exposição ao sol deve ser realizada com cuidado e proteção adequada. Evite os momentos de maior intensidade da radiação ultravioleta, que ocorrem entre 10h e 16h, e não deixe de aplicar um bom protetor solar para evitar queimaduras e lesões na pele.

Hidrate-se

Tomar água é vital para a saúde. Após um banho de sol, é recomendado tomar de 1 a 2 copos de água para repor os líquidos e sais perdidos com o suor, por exemplo.

Portanto, aproveite os benefícios do sol com responsabilidade, incorporando momentos ao ar livre em sua rotina diária. “O sol está disponível lá fora, pronto para contribuir com um adicional de bem-estar e alegria. Um intervalo curto de 15 a 20 minutos é o bastante para trazer benefícios à saúde”, afirmou a dra. Mendes.

Para conhecer o trabalho da Dra Camila Mendes e seus procedimentos, acesse: https://www.instagram.com/dracamilamendes_/

fotos: Getty Images