Principado de Mônaco é novo green hub europeu e investe em iniciativas sustentáveis

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

O Principado de Mônaco está investindo cada vez mais em iniciativas sustentáveis

Tanto instituições governamentais como empresas privadas estão mudando suas próprias atitudes para torná-las mais responsáveis, criando campanhas de conscientização e promovendo e patrocinando projetos que tenham como foco a proteção do meio ambiente e o desenvolvimento de sociedades marginalizadas. O príncipe Rainier III deixou Mônaco na linha de frente dos países com consciência ambiental e tornou o principado um dos países da Europa mais sensíveis em relação à problemas ambientais. Até hoje, o governo e estabelecimentos monegascos se envolvem diariamente em questões relacionadas ao desenvolvimento sustentável.

Ações relacionadas ao transporte de passageiros são um dos exemplos. O governo lançou ações para promover o transporte público no principado, como tarifas de ônibus acessíveis para diminuir o uso do transporte individual, ônibus noturnos nos fins de semana e um barco elétrico que atravessa o Port Hercule. Há também um trenzinho e um ônibus turístico que passam pelos principais pontos do destino.

Energia elétrica também é uma questão importante em Mônaco. Há um plano que mobiliza negócios locais, pessoas e governo e que planeja atingir alguns objetivos até 2020. Por exemplo, reduzir o consumo de energia do principado e estimular infraestrutura que permita que pelo menos 20% da energia seja derivada de fontes renováveis produzidas dentro das fronteiras monegascas.

Mônaco também monitora a qualidade do ar e de suas águas. Há 20 anos, o principado instaurou uma rede de controle de qualidade do ar com seis estações de monitoramento. Fazendo essa medição contínua, é possível emitir avisos de poluição e verificar a qualidade do ar a longo prazo. Os resultados são comunicados ao público geral por meio de telas localizadas na entrada do país. O principado também monitora a qualidade física e química das águas costeiras com base em medições repetidas de todos os componentes do ambiente marinho (massas de água, sedimentos e organismos vivos), assim como monitora os efeitos de eventos naturais ou atividades artificiais que podem afetar a qualidade da água. É importante ressaltar que a baía de Mônaco inclui duas áreas protegidas, a Larvotto Reserve, criada em 1976, com uma área de 30 hectares, e a submarina Spelugues, com cerca de 1.9 hectares, criada em 1986 e casa de diversas espécies marinhas.

Estas são apenas algumas das ações promovidas pelo principado, que acontecem tanto dentro de suas fronteiras como em outros países, inclusive no Brasil. Atualmente, o Escritório de Turismo de Mônaco está patrocinado coletores de lixo eletrônico na cidade de São Paulo, que serão instalados gradualmente nos próximos meses em parques públicos da cidade. O projeto é feito em parceria com o Movimento Greenk e com a Prefeitura de São Paulo. Mais informações sobre o projeto neste link.

Acesse este link e veja o primeiro vídeo de Mônaco focado em sustentabilidade.

Para saber mais sobre Mônaco, acesse www.visitemonaco.com e o site Bureau Mundo, escritório virtual da GVA: www.bureaumundo.com.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.