Primavera do Leste tem o primeiro restaurante no mundo com seis sistemas biodigestores integrados

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

O restaurante Brasô Grill, tradicional no município, a 230 quilômetros de Cuiabá, vai começar a fazer uso de energias renováveis por meio do HomeBiogas 2.0

Desperdício de comida é um tema muito recorrente nos dias de hoje, tanto no ambiente doméstico quanto nos estabelecimentos comerciais do ramo alimentício, mas o que as famílias e os restaurantes fazem para mudar esse cenário? Imagine que todo resto de comida de um restaurante seja descartado corretamente e, que ainda por cima, esse desperdício seja utilizado para gerar biogás para preparar as refeições do estabelecimento. Imaginou?

Isso já é possível! E o empresário André Gil do Amaral e seu pai, Eduardo José Gil do Amaral, proprietários do restaurante Brasô Grill, acabam de adotar seis sistemas HomeBiogas 2.0 no estabelecimento. Trata-se de um equipamento que reutiliza resíduos orgânicos para gerar biogás e um fertilizante líquido natural para as plantas.

Com três kg de lixo despejados por dia, é possível gerar até três horas de consumo de gás. Entre os benefícios, além da reciclagem e a economia de energia, estão os impactos na saúde, com a redução do uso de carvão e o emprego em sistemas de saneamento básico.

Serão instalados seis equipamentos modulares interligados, ao mesmo tempo. Cada sistema deixa de enviar uma tonelada de resíduos orgânicos por ano para o aterro e de emitir seis toneladas de gás de efeito estufa na atmosfera. Isso permite que o Brasô Grill deixe de gerar mais de seis toneladas de lixo por ano e possibilita de 15h a 18h de biogás por dia”, analisa com detalhes sobre essa conquista, o responsável por trazer a tecnologia para o Brasil, Leandro Toledano.

O restaurante vai completar um ano e já tem um marco na história. Eduardo José Gil do Amaral e seu filho sempre tiveram a vida rodeada de natureza na fazenda, o cuidado e preocupação com a sustentabilidade sempre esteve presente no dia a dia deles e levaram essa premissa para o empreendimento. A começar pelo projeto arquitetônico do Brasô Grill, que preservou uma árvore imponente e tradicional da região, popularmente conhecida como Guapuruvu (nome científico: Schizolobium parahyba), reforçando o respeito com o meio ambiente.

O fluxo de clientes gira em torno de 250 visitantes por noite e isso, consequentemente, resulta em muito desperdício, além da maneira incorreta do descarte. A compostagem até seria uma opção, mas a quantidade de resto de comida era exorbitante e também não seria possível devido às normas da Vigilância Sanitária. Foi então que ouvimos falar do equipamento HomeBiogas e decidimos implementá-lo em nosso estabelecimento”, conta o sócio-proprietário, André Gil do Amaral, sobre a contribuição do sistema para um estilo de vida mais sustentável, no qual é possível proporcionar isso a outras pessoas.

Outro grande diferencial do HomeBiogas é que ele recebe qualquer tipo de lixo orgânico, incluindo óleos e frituras, e não só legumes, vegetais e frutas in natura”, acrescenta Toledano, representante da marca no Brasil. Ele ressalta que o usuário só precisa se preocupar em manter a umidade, para garantir a atividade biológica.

De acordo com o World Resourses Institute (WRI) Brasil, 41 mil toneladas de alimentos são desperdiçados anualmente no Brasil. Do total, 15% ocorre em restaurantes, aproximadamente 6 mil toneladas.

Ainda de acordo com o instituto, em nível global, o desperdício em restaurantes de fast food gira em torno de 9,55%, e, em restaurantes que oferecem serviço completo, a taxa é ainda maior, 11,3%.

Eu quero mostrar para as pessoas que é possível a evolução para uma sociedade com fontes de energias renováveis. Existem alternativas para praticar a sustentabilidade e fazer dessas ações um estilo de vida mais consciente em prol do meio ambiente”, explica Leandro Toledano, representante da marca HomeBiogas no Brasil.

Sobre o HomeBiogas

Criado por uma empresa israelense, há 10 anos, o HomeBiogas (www.homebiogas.com.br) chegou ao Brasil em julho de 2018.

Trata-se de um equipamento que reutiliza resíduos orgânicos para gerar biogás e um fertilizante líquido natural para plantar. Com três kg de lixo despejados por dia, é possível gerar até três horas de consumo de gás. Entre os benefícios, além da reciclagem e a economia de energia, estão os impactos na saúde, com a redução do uso de carvão e o emprego em sistemas de saneamento básico.

Cada sistema deixa de enviar uma tonelada de resíduos orgânicos por ano para o aterro e de emitir seis toneladas de gás de efeito estufa na atmosfera.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.