PARANÁ: Empresa investe em projeto de banheiros prontos para casas populares

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Para atender as expectativas financeiras e ambientais do mercado de habitações populares, uma empresa paranaense criou um projeto para desenvolver banheiro pré-fabricado, ou seja, como se fosse um bloco pronto para ser encaixado na sua casa ou apartamento.

Não se trata do modelo de banheiro químico que já conhecemos. Esse contém uma estrutura metálica enxuta, piso de baixa espessura e acabamentos populares.

A empresa mencionada é a Offsite Brasil Construções Industrializadas. O representante da companhia, Eduardo Werneck, dá um exemplo de como o projeto funcionaria em uma obra com cem apartamentos. “Em vez de você fazer 100 banheiros no local da obra, ele sai da fábrica pronto, com cerâmica, louça, tubulação e fiação, e é levado até a obra para apenas ser encaixado na unidade habitacional”, explica Werneck.

Eduardo Werneck conta que o projeto dos banheiros pré-fabricados precisava de um apoio técnico e financeiro. Foi aí que ele procurou informações sobre o Edital de Inovação para a Indústria.

“A gente tinha desenvolvido uma tecnologia diferente e estávamos procurando uma forma de validá-la no mercado. Fomos conversar como pessoal do SENAI e vimos que poderia ser uma alternativa para a gente conseguir fazer esses testes, que são caros”, disse.

ÁUDIO: Acesse esta matéria na versão para rádio

De iniciativa do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e do Serviço Social da Indústria (SESI), esse instrumento de fomento ajudou mais de 800 empresas brasileiras a serem competitivas por meio de novos produtos e processos inovadores. O Edital de Inovação existe desde 2004.

Ainda segundo Werneck, o projeto já passou pela fase de testes e validação. No entanto, aguarda modificações no mercado para favorecer a movimentação do produto entre produtores e consumidores.

Edital de Inovação

Com o objetivo é estimular o desenvolvimento de soluções inovadoras para a indústria, as instituições do Sistema “S” (SENAI, SEBRAE e SESI) criaram, em 2004, o Edital de Inovação para a Indústria.

Até agora, mais de 800 empresas tiveram ajuda para se tornarem competitivas por meio de novos produtos e processos inovadores, alcançados pela iniciativa. Em outubro, o Edital alcançou a marca de mil projetos inovadores selecionados. Ao todo, foram investidos mais de R$ 545 milhões.

O gerente de Tecnologia e Inovação da Federação das Indústrias do Paraná, Felipe Couto, afirma que a evolução da produção indústria depende da atenção que o poder público para a área de inovação. “A perspectiva do início de um novo governo em relação à inovação é importante por ser estratégico para o Brasil. Não é uma ação exclusiva do governo brasileiro em relação a indústria nosso país, mas é uma preocupação de governos em vários lugares do mundo”, destaca.

Atualmente, o Brasil se encontra na 64ª posição do Índice Global de Inovação (IGI). Nos últimos dois anos, o Brasil ocupava o 69º lugar. No nível global, a liderança da escala continua com Suíça, Reino Unido e os Estados Unidos. A melhor colocação do Brasil já registrada foi em 2011, quando o país ocupava a 47ª.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.