O valor do design colecionável: MADE chega a 6ª edição e reafirma seu compromisso com o traço autoral

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Maior plataforma de incentivo ao design autoral do Brasil acontece entre os dias 27 de junho e 1º de julho no Pavilhão da Bienal, em São Paulo

MADE (Mercado.Arte.Design), primeira e maior feira de design colecionável da América Latina, chega a sexta edição reafirmando seu compromisso como principal vitrine autoral do país. Com patrocínio master do Bradesco Private Bank, entre os dias 27 de junho e 1º de julho, peças exclusivas dos mais de cem expositores nacionais e internacionais tomam conta do Pavilhão da Bienal, em São Paulo. São intervenções inéditas, designers, galerias, talks e exposições que fomentam a cultura do design no Brasil e reafirmam a credibilidade do evento.

Os patrocinadores oficiais da edição são: Bradesco Private Bank, Braskem, Mitsubishi Motors, Codesign e Aesop. Neste ano, destaque para os apoiadores culturais: Artesol, Instituto Campana, Instituto Bardi / Casa de Vidro, MAM-SP, MASP, Glass House.
Apoio Institucional: DW- Design Weekend São Paulo. Hotel Oficial: Tivoli Mofarrej São Paulo. Tinta Oficial: Eucatex. Restaurante Oficial: Quattrino. Parcerias: BEI Editora, Vitra.

Com temáticas anuais relacionadas ao universo criativo do design, a MADE disponta também como plataforma de conteúdo. Para 2018, o tema definido é  Machine Art after Philip Johnson, inspirado na exposição de 1934 realizada no MoMA, Museu de Arte Moderna de Nova York, com curadoria do arquiteto Philip Johnson, que trouxe em primeira mão o design industrial dentro de uma instituição de arte. Os objetos utilitários foram elevados ao status de escultura e
promoveram uma reflexão sobre o homem e a máquina. A ação que dá nome ao evento norteia todo o quesito cenográfico da feira onde serão abordadas as novas relações entre indústria, designer e consumo. O tema se atualiza frente às transformações culturais e questiona como aliar criação e industrialização para manter o design relevante.

Designer do Ano
O austríaco Robert Stadler será reconhecido como o Designer do ano. Formado pelo IED de Milão e especializado na ENSCI de Paris ficou reconhecido por fundar o grupo Radi Designers com peças assinadas para a Galerie Kreo e grandes comissões de design industrial. Com a carreira estabelecida na França, fundou seu próprio escritório em 2001 e passou a trabalhar com criações limitadas para marcas como Dior, Lobmeyr, Richard, entre outros. Também assina intervenções em grandes museus do mundo, como MAK – Museum for Applied Arts / Contemporary Art in Vienna, Les Arts Décoratifs, Fondation Cartier, Fonds National d’Art Contemporain e Palais de Tokyo. Recentemente, realizou a curadoria de uma das instalações mais visitadas da semana de design de Milão, a Typecasting desenvolvida especialmente para a marca Vitra. O profissional possui ainda diversos títulos publicados e integra o catálogo de artistas da Carpenters Workshop Gallery, a mais importante galeria de design autoral do mundo.

Recorde de expositores nacionais e internacionais
Para o Brasil, a MADE é reconhecida como celeiro de profissionais da área, referência em estabelecer a conexão entre a sociedade e o design autoral. No exterior, a feira se estabelece como plataforma de interação significativa entre agentes culturais. Neste ano, com mais de cem expositores, número recorde do evento, o público visitante será envolvido em instalações criativas e sensoriais que promovem o valor do traço assinado. São eles:

Coletivo 5MColetivo 10MHANDMADEGALERIAS
CADU SILVA

COLETIVO 462

CULTIVADO EM CASA

EDUARDO BORÉM – EBT

ESTÚDIO GRETA

ESTÚDIO ILUDI

ESTÚDIO OFÍCIO LENHO

FELIPE UZUM

GABBO TORRES

GET LOST

GIÁCOMO TOMAZI

KNÓT ARTESANAL

LEANDRO GARCIA

LEON ADES

MANU REYES

MARCELO CARUSO

MIRIAM LOELLMANN

MOBU – MOREAU

NOEMI SAGA

OLAVO MACHADO

PAULO GOLDSTEIN

RENATO PÉRIGO

STUDIO MASSA

LEO DI CAPRIO

ALVA

ANDRÉ FERRI

ANDREA MACRUZ + PAULO OCTAVIO

ATELIE RODRIGO CALIXTO

CAROL GAY

CASA COSTILLAS

ESTUDIO RIKA

F STUDIO

FETICHE

GUSTAVO BITTENCOURT

INÊS SCHERTEL

JULIA KRANTZ

LEO CAPOTE

MARCOS AMATO

MEJI DESIGN

MURILO WEITZ

NICOLE TOMAZI – OFERENDA OBJETOS

O FORMIGUEIRO

OFICINA ETHOS

OLGA TREIWAS

RAHYJA AFRANGE

RICARDO GRAHAM – O EBANISTA

RODRIGO OHTAKE

T44 STUDIO

WOO DESIGN/ GUSTAVO DIAS

YANKATU

ALINE ROCHA

BOTTLETOP

CALU FONTES

CAROLINA PERACA

CASA NA ÁRVORE

ESTÚDIO PROLE

EURICO HUMANO

FABIANA QUEIROGA

LUISA VELLUDO

MARI DABBUR

MARINA DIAS

MASSA BRANCA

MEL KAWAHARA

MONICA GIANNELLA

NAIFACTORY

ROAN FLOREZ

PAPELARIA

PAULA JUCHEM

ROBERTO ROMERO

SABRINA BORGES

SUPERCHI STUDIO

STUDIO HELOÍSA GALVÃO

STUDIO THIAGO BICAS

TAS JOALHERIA

THAIS COSTA

ZANINI DE ZANINE + HERANÇA CULTURAL

ARTEMOBILIA

GALERIA NICOLI

MAMELUCA

MAXIMILIANO CROVATO

INN GALLERY

LL GALERIA

Exposições
Simultaneamente à exibição de produtos, a MADE reúne com exclusividade diversas exposições nacionais e internacionais que reafirmam o compromisso do evento em promover o design assinado.

Studio Reconstitution – Robert Stadler

Essa exposição tenta trazer o universo criativo do designer dessa edição, combinando imagens de produtos e protótipos originais;

Philip Johnson: Machine Art Revisited

Exposição tema desse ano. Será criado um espaço com reproduções de fotos da exposição original de 1934 em grande formato, e uma das instalações será recriada dentro da feira, sob o olhar da Curadora Chefe e Diretora Criativa da Fundação Glass House, Hilary Lewis

Pacha 
Designers da UPC – Universidade Peruana de Ciências Aplicadas, comandada pelo arquiteto Mario Alonso Ricci Garay, ao lado do chef de cozinha Diego Oka, criaram serviços de mesa em cristal e mármore para enaltecer a cozinha peruana contemporânea;

Projeto Growroom
O projeto Growroom, comandado pelos arquitetos dinamarqueses Sine Lindholm e Madis Ulrich Husum, é parte da iniciativa SPACE 10 e explora as possibilidades de uma horta urbana de maneira local e sustentável através da fabricação digital;

Eu Falo Colher 
O designer industrial Sérgio Cabral apresenta a exposição “Eu Falo Colher”, que tem como ponto de partida memórias da infância onde a imagem do uso da colher era recorrente pela sua mãe, tanto para cozinhar quanto para reeprender e educar. Diante disso, ele convidou os designers Carol Gay, Cristiana Bertolucci, Murilo Weitz, Noemi Saga, Natasha Schlobach, Paulo Alves, Ricardo Cardim, Super Limão Studio, e sua mãe Flávia Rocco, para participarem da exposição. Os profissionais doaram pedaços de madeira – matéria-prima com os quais estão acostumados a trabalhar – para ele desenvolver peças únicas e exclusivas.

Plastic MADE for… 
Dos avanços da medicina passando pela mobilidade. Da ousadia das passarelas e as possibilidades de criação no design de mobiliario. O uso consciente do plástico na sociedade atual será o tema abordado na exposição promovida pela Braskem, patrocinadora do evento, com cenografia pensada especialmente como uma vitrine de percepções e experiências com o

material. Esta exposição foi proposta para ativação da marca Braskem, um dos patrocinadores do evento.

Operários 
Com a escolha do Machine Art como tema da feira, o artista plástico Marcelo Tolentino propõe um painel para o espaço da Mitsubishi com o objetivo de mostrar uma outra parte fundamental do processo industrial: as pessoas por trás das máquinas. Numa releitura da clássica pintura “Operários” de Tarsila do Amaral, a ideia é retratar, utilizando o barro como matéria-prima, parte do quadro de funcionários da própria Mitsubishi, patrocinador do evento;

Sandproject for Atelier NL – Holanda

Essa exposição com a curadoria de Jorn Konijn será mostrada pela primeira vez fora da Europa. Serao apresentados objetos de vidro feitos com areia recolhidade de diversas partes do mundo, conforntando a industri que geralmente só utiliza a mais pura e branca sílica. Atraves de uma forte pesquisa feita para o projeto, o Atelier NL aborda o universo do design e meio-ambiente de forma lúdica e única;

Geração de conteúdo 
Talks
Os talks acontecerão no Centro Cultural Bradesco Private Bank e entre os palestrantes já confirmados estão Robert Stadler, designer do ano; Hilary Lewis, Curadora Chefe e Diretora Criativa da Fundação Glass House; e o designer russo Sergei Streltsov, reconhecido pelo trabalho frente grandes marcas como BMW, Jaguar, Adidas, Samsumg, entre outras.

A arquitetura do espaço, cuja criação seguiu conceitos paramétricos, é formado por uma espiral escalonada, pintura degradê em tons de vermelho que marca a arquitetura do local e que, ao longo da semana, será preenchida com desenhos digitais criados por robôs desenvolvidos e fabricados especialmente para a MADE. Essa performance digital contará com a participação direta do público que visitar a Bienal. A lista completa de palestrantes será exibida em breve.

Premiação
Com o troféu desenhado pelo designer sul-coreano Kwangho Lee, homenageado em 2017, o “Prêmio Bradesco Private Bank MADE de Design & Arte” fará uma premiação, reconhecendo os melhores projetos de cada um dos espaços da feira: Coletivo 5M, Coletivo 10M, Galeria e Handmade. Denise Aguiar, diretora da Fundação Bradesco e membro do conselho de administração do Banco, integra o júri de seleção do prêmio, que também é composto pelos membros do Conselho Consultivo da MADE: a designer Cláudia Moreira Salles, o arquiteto Márcio Kogan, o curador de design Jorn Konijn, o publicitário Mauricio Eugênio e a empresária Corinna Sagesser, além dos sócios da feira Waldick Jatobá, Bruno Simões e Elcio Gozzo.

Novidades
Gastro MADE
Como grande novidade desta edição, a feira apresenta seu espaço dedicado as marcas de gastronomia que valorizam a produção artesanal. Com curadoria da jornalista Beta Germano, o espaço receberá cerca de 20 expositores que apresentarão o que há de melhor em seus cardápios para apreciação dos vistantes da feira.
Entre os confirmados estão:

EXPOSITORES
Amázzoni
Caminho do Chá
Kiro

Ecco Vero – massas

Refúgio do Shitake

Comensais Food

Mermeleia

Ibá Cacau

Refazenda


CoDesign
Pela primeira vez a MADE terá um espaço compartilhado para troca de experiência. CoDesign, especialista no conceito de coworking direcionado à marcas e aos profissionais da área de design e arquitetura, ambientará um espaço exclusivo na feira. O layout tem à frente o designer e professor de pós-graduação do IED Sérgio Cabral e seleção de objetos por Virgínia Lamarco.

Diferenciais
Curadoria
A curadoria de conteúdo do evento, assim como a seleção dos expositores, é feita pelos sócios Waldick Jatobá e Bruno Simões.
A organização conta ainda com conselho consultivo participativo composto por Claudia M. Salles – designer e arquiteta, fundadora do Estudio CMS; Marcio Kogan – arquiteto fundador do studio mk27; Corinna Sagesser – empresária; Maurício Eugênio – publicitário e Jorn Konijn – curador, consultor de desgin holandês e fundador da empresa This must be the Place.

Informações do evento

Data de realização: de 27 de junho a 01 de julho de 2018

Horários: Quarta a Sexta das 13h às 21h

Sábado das 12h às 20h

Domingo das 12h às 19h

Local: Pavilhão da Bienal – Av. Pedro Álvares Cabral, s/n – Ibirapuera, São Paulo

Ingresso: Quarta a Domingo: R$ 30,00

Meia entrada para idosos e estudantes: R$ 15,00

Informações:www.mercadoartedesign.com
Instagram: @mercadoartedesign

Sobre a MADE – Mercado.Arte.Design

O evento surgiu em 2013, nos moldes de uma feira internacional de design high-end e de coleção, realizada anualmente na capital paulista. Organizada pela W/Design, tem como sócios Elcio Gozzo, Bruno Simões e Waldick Jatobá. Em abril de 2015, o projeto MADE estreiou internacionalmente com a edição “MADE a Milano”, uma exposição de designers contemporâneos brasileiros realizada em paralelo à maior feira de design do mundo na cidade de Milão, Itália. Em solo nacional, ganhou forma singular ao ser realizada ano passado no Pavilhão da Bienal, um dos marcos arquitetônicos de São Paulo. Para 2018, são esperados mais de 10 mil visitantes.

Sobre o Bradesco Cultura

Com mais de 350 projetos patrocinados anualmente, o Bradesco acredita que a cultura é um agente transformador da sociedade. O Banco apoia iniciativas que contribuem para a sustentabilidade de manifestações culturais que acontecem de norte a sul do País, reforçando o seu compromisso com a democratização da arte. Com apoio a eventos regionais, museus, feiras, exposições, centros culturais, orquestras, musicais e muitos outros, a instituição tem, ainda, uma plataforma de naming rights com o Teatro Bradesco, que conta com unidades em São Paulo e Rio de Janeiro. Em 2018, já passaram pela Temporada Cultural do Bradesco as exposições Julio Le Parc, Mira Schendel e Hilma af Klint, os espetáculos Bibi Ferreira e Ayrton Senna e o Lollapalooza Brasil. Está em cartaz o musical Peter Pan, além de diversas atrações confirmadas ao longo do ano, como os festivais de Parintins, Tiradentes, as festas juninas de São João do Caruaru e Campina Grande, ArtRio, MIMO, entre outras.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.