Muito além da genética: bons hábitos no cuidado da pele promovem beleza, saúde e longevidade celular

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Apesar da genética ser um fator importante para a qualidade da pele, a rotina skin care é indispensável a todos e é responsável por deixar a pele mais bonita e protegida. A falta de cuidados com a pele é um dos mais importantes marcadores do envelhecimento

O sol é o principal causador de radicais livres na pele, o que envelhece o tecido e causa manchas, rugas e flacidez; mas não é o único: o açúcar endurece as fibras de colágeno, o stress causa inflamação cutânea, dormir mal diminui nossa defesa antioxidante, fumar reduz o fluxo sanguíneo e envelhece a pele… Ou seja, são vários marcadores que estão correlacionados ao aparecimento desde linhas finas a sulcos mais demarcados na face. Mas um hábito diário pode ser muito importante para reverter todo esse processo – ao mesmo tempo em que a falta desse cuidado pode envelhecer ainda mais a pele: estamos falando da rotina skin care. “Uma pele naturalmente bonita deve ser saudável e ter uma rotina de cuidados adequados a cada tipo, idade e época do ano. Independente da boa genética, bons hábitos de vida são pilares que promovem a beleza, saúde e longevidade. Além da alimentação equilibrada, do sono de boa qualidade, de exercícios regulares e baixa ingestão de bebida alcoólica, ter uma rotina de cuidados diários é muito importante para manter a pele bem cuidada e atemporal”, analisa a dermatologista Dra. Claudia Marçal, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia.

De acordo com ela, as etapas da rotina skin care devem ser seguidas conforme a orientação médica para cada necessidade da pele. Mas é importante seguir a sequência para uma rotina de cuidados, uma vez que o melhor hidratante do mundo não teria efeito em uma pele que não está higienizada e apta a recebê-lo. “Nós temos que pensar que, além do sebo do estrato córneo, queratina morta, proteína morta e poluentes que nós conseguimos enxergar como pó e poeira, temos também os micropoluentes, como o material particulado PM2.5, responsável pela liberação de comunicadores pró-inflamatórios na pele, que vão degradar colágeno e elastina”, afirma a médica.

Logo em seguida, vem o processo de tonificação da pele, com uso de tônicos no caso da pele seca e normal e loções adstringentes no caso da pele oleosa e mista. “Os tônicos são soluções normalmente feitas com veículos aquosos, ou seja, à base de água ou com pequena quantidade de álcool misturada à água, produzindo um veículo hidroalcoólico. Os Tônicos têm como finalidade promover uma ação complementar à higiene da pele, removendo a sujidade ainda persistente na superfície do tecido cutâneo, eliminar resíduos poluentes externos e restabelecer o PH, promover hidratação, ação anti-inflamatória, calmante e de cicatrização, dependendo dos ativos que o produto contenha”, afirma.

A médica explica que os cuidados anti-aging que vêm em seguida devem preconizar a ordem da pirâmide da beleza e saúde epitelial, em que temos itens: fundamentais (hidratação, antioxidantes, enzimas e fotoproteção) para proteção e reparação; transformadores (retinóides e alfa, beta e poli-hidroxiácidos) para esfoliação, melhora da renovação celular e hidratação; e, por fim, ‘otimizadores’ (peptídeos e fatores de crescimento) para estimulação, cicatrização e regeneração celular. A base da pirâmide, os itens fundamentais, deve fazer parte da rotina skin care de todos, enquanto os cuidados para transformar e otimizar dependerão das alterações que a pele apresenta: rugas, manchas, flacidez, entre outros. “Fazer uso de substâncias como alfa, beta e poli-hidroxiácidos assim como retinoides e vitamina C e E associados a peptídeos e fatores de crescimento, além da necessária fotoproteção de amplo espectro com blend de antioxidantes, antiglicantes e desglicantes. Essas devem ser armas de prescrição feitas de forma específica para cada paciente pelo seu dermatologista”.

Com relação aos cuidados com fotoproteção, a médica ressalta que o filtro deve ter proteção eficiente contra as radiações UVA e UVB, mas também deve proteger da luz visível e da Infrared. “Hoje é uma unanimidade mundial a necessidade do amplo espectro do fotoprotetor. Lembrando que filtros solares hoje para peles claras devem ser de FPS 50, no mínimo FPS 30. Estes devem ser reaplicados à tarde e, se em exposição solar contínua, reaplicados a cada duas horas. Se estiver em contato com a água, após 30 minutos perde-se a potência e deve ser reaplicado novamente”, explica a médica.

Por fim, a Dra Claudia Marçal ainda ressalta a importância dos bons hábitos de vida e suplementação oral. “Para ser saudável, bonita e naturalmente jovem é necessário criar hábitos saudáveis que incluam qualidade de vida e o uso rotineiro de produtos de uso local e via oral, essenciais à preservação da fisiologia, beleza e proteção da nossa pele”, finaliza.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.