Marianne Ramos assina paisagismo de espaço Jean de Just na CASACOR São Paulo

Via Chá
30 de maio de 2019
Nem todo mundo pode praticar corrida
30 de maio de 2019

A paisagista e arquiteta paulistana Marianne Ramos, assina o espaço que reproduz a varanda de uma casa dos anos 1950 e 1960, com o designer de interiores parisiense

O Jardim do Lounge, primeiro espaço da CASACOR São Paulo deste ano, traz o conceito de sustentabilidade, proposto pela maior mostra de decoração do país, em vários elementos. No ambiente, de 95m², foram preservados o forro e as paredes já existentes do Jockey Clube de São Paulo e foram utilizados móveis vintage e plantas que necessitam de pouca rega.

O paisagismo é um ponto forte e essencial no projeto, presente nas áreas interna e externa. Participando da CASACOR pela segunda vez, a arquiteta e paisagista Marianne Ramos destaca plantas sustentáveis e de clima árido, como cactos, agaves, dracena e suculentas, além de samambaias. A forração de pedra é outro recurso utilizado que facilita a manutenção e reforça a forte atmosfera de brasilidade do ambiente. As paredes se comunicam com a vegetação: plantas acima dos cocares, estantes misturadas com folhagens, parede azul com cactos, criando uma atmosfera fresca, de leveza. “O paisagismo sempre dá vida aos ambientes e traz alegria, conexão com a natureza e bem-estar para as pessoas. E foi exatamente isso que procurei fazer nesse ambiente”, afirma Marianne.

Inspirado na arquitetura californiana de Palm Springs, o espaço reproduz uma varanda, uma espécie de terraço coberto e aberto, que poderia ser a entrada de uma casa. A referência do projeto foi a área de convivência dos prédios dos anos 1950 e 1960, repletas de pastilhas no chão e nas paredes, onde as pessoas ficavam conversando com os vizinhos.

Para compor o ambiente, o designer de interiores Jean de Just misturou móveis vintage brasileiros com criações novas, como o sofá da Prototype, as cadeiras da Líder Interiores, a mesa de mármore e as mesas laterais de sua própria autoria. As paredes foram decoradas com três cocares do artista Marcos Bazzo, e quatro fotos de Fernanda Naman e os tapetes são da By Kamy “Gosto de misturar elementos de épocas e de estilos diferentes para dar alma à decoração. Gosto de geometria, de ter um elemento forte num espaço. E, acima de tudo, gosto de conforto, de um lugar aconchegante, agradável e funcional”, define Jean.

Ideias originais

O Lounge do Jardim oferece ainda duas propostas criativas. Para estimular a participação dos visitantes e estabelecer mais conexão digital, foi montado o cantinho do Instagram. Num espaço colorido e com painel de cactos, é possível tirar fotos e fazer vídeos. Para investir no conceito de responsabilidade social, uma das estantes apresenta vasos brancos, que até o final da mostra serão customizados por arquitetos e vendidos com o objetivo de ajudar ONGs.

Profissionais

Marianne Ramos – Arquiteta e paisagista, formada pela Faculdade de Belas Artes, viveu e estudou em San Diego, na Califórnia. Trabalhou em escritórios brasileiros importantes como o da Maria João, Gilberto Elkis, Calux Jardins, Benedito Abbud. Há alguns anos, montou seu próprio escritório em São Paulo, onde desenvolve projetos residenciais, comerciais e de lazer.

Jean de Juste – Designer de interiores, 38 anos, nascido em Paris, na França, participa pela terceira vez da mostra CASACOR. Formado na Ecole Spéciale d´Architecture em Paris, ganhou o Prêmio da Casa Claudia, na categoria o hotel mais lindo do Brasil, com o Hotel 55, no Rio de Janeiro. Trabalhou para Alberto Pinto, um dos mais importantes designers de interiores do mundo.

Serviços:

CASACOR São Paulo

www.casacor.abril.com.br

De: 21 de maio a 29 de julho de 2019

Terça a sábado, das 12h às 21h | Domingo, das 12h às 20h

Local: Jockey Club de São Paulo – Av. Lineu de Paula Machado, 875

crédito fotos: Renato Navarro