Dica de Outono: como resgatar e cuidar das peças de couro

Vacinação segura: conheça as contraindicações da imunização
22 de maio de 2024
Mercado Central: chamamento público aberto para a segunda edição do projeto da Central Embaixada Cultural em São Paulo
22 de maio de 2024

As mudanças de temperatura já começaram e o guarda-roupa deve acompanhar a estação; aprenda a fazer a manutenção correta do couro

Com as mudanças de clima vem também a mudança de guarda-roupa e as peças de couro voltam com força total no Outono. Vale lembrar que as peças de couro podem durar muitos anos e estarem presentes em vários momentos do dia a dia, mas é importante ter os cuidados corretos na manutenção do tecido.

Para isso, Elvis Barreto, Gerente de Pesquisa e Desenvolvimento da Reckitt Industrial, fabricante da marca Nugget, preparou algumas dicas de cuidado com as peças de couro para que elas durem mais tempo.

O especialista explica que a falta de manutenção pode causar rachaduras e desidratação do couro. Além disso, caso as peças estejam esbranquiçadas ou manchadas, é necessário limpar com um pano úmido e importante utilizar produtos mais apropriados para a manutenção do material.

Confira as dicas:

  • Para um cuidado mais profundo, uma pasta própria para couro é o mais indicado para manter a conservação das peças. É só aplicar uma camada de pasta na roupa, esperar secar e lustrar em seguida com a ajuda de um pano seco.
  • Também existem produtos líquidos indicados para a manutenção semanal da peça. Normalmente, eles já vêm com o aplicador correto e é só passar uma camada do líquido, que também ajuda na hidratação e na revitalização da cor da peça. E não é só o couro preto tradicional. Os produtos estão disponíveis em outras cores: preto, branco, marrom e incolor – indicado para peças coloridas.
  • Na hora de armazenar, não se esqueça: as peças de couro precisam respirar. Elas não devem ser armazenadas em capas ou sacos de plástico e, mesmo quando não estão sendo utilizadas, o mais indicado é deixá-la pendurada em um cabide largo para que a peça não amasse e resseque, além de um dia de ventilação a cada, pelo menos, três meses.

● Se guardar sua jaqueta ou bota for indispensável, busque usar capas de tecidos que permitam a respiração do material, como TNT ou tule

foto: Pexels