Cama solta: liberdade e funcionalidade dentro dos dormitórios

LG lança micro-ondas inteligente com integração via app ThinQ e novo design
16 de maio de 2024
Glória Gaynor, dona do hit “I Will Survive”, fará show em Curitiba
16 de maio de 2024

Entenda como ela pode mudar o estilo arquitetônico e potencializar o relaxamento

Elas são as protagonistas na arquitetura de interiores dos dormitórios e essenciais para nosso descanso após um longo dia de trabalho. E essa relevância não é exagero: a compreensão sobre o modelo certo da cama envolve um entendimento que acompanha o estilo do projeto – bem como o gosto e as demandas do morador –, e devem ser compatíveis com o espaço disponível.

E a leveza esperada na função do móvel pode ser aguçada por sua colocação de forma solta. “Essa é uma tendência que propicia a percepção de um ambiente mais leve, fluído e sofisticado”, avalia a arquiteta Mari Milani, responsável por seu escritório homônimo.

Confira, a seguir, dicas e detalhes de projetos de dormitórios assinados por ela, onde as camas soltas criaram cenários e propuseram soluções para cada cômodo.

A variedade de acabamentos

Um dos pontos que abrilhantam a presença das camas soltas está na oportunidade de selecionar a peça com determinado design e material alinhado com o décor do quarto tais como madeira, ferro, alumínio e tecidos como a camurça, suede e veludo, entre outros. “Afinal, ela não é vista como um elemento isolado e destoante, mas sim como um item que integra o conjunto da obra”, avalia a profissional.

Ainda de acordo com ela, essas características são excelentes quando a ideia é inserir uma proposta temática ao projeto ou mesmo trabalhar com um mix de materiais e texturas para criar volumes diferentes. Inspire-se!

A cama solta escolhida para o projeto de dormitório possui cabeceira de camurça, em tom cinza, que propiciou uma base neutra para o painel de madeira liso e ripado e com a inserção de LED. “Nesse modelo selecionado, a camurça também acompanhou o invólucro do estrado e os pés são de madeira”, detalha Mari Milani.

As clássicas camas soltas de madeira, com suas cabeceiras muito bem trabalhadas, continuam atemporais e responsáveis por efeitos belíssimos, como nesse outro projeto assinado pela profissional. Além do papel de parede complementar o móvel, o banco, no mesmo material, tornou-se sua extensão dentro de um décor contemporâneo e arrojado. Imponente, o design da cama de ferro contribuiu para a atmosfera romântica pretendida pela arquiteta para esse dormitório. Com uma leitura revisitada, as referências clássicas são percebidas pelas boiseries e o rosa antigo que as recobrem.

A possibilidade das cabeceiras

Um dos charmes das camas soltas está no acabamento que pode se estender pela estrutura que recebe o colchão e nos pés, diferentemente da versão box. Outra potencialidade oferecida pela cama solta é a de brincar com a própria parede em uma espécie de jogo cênico. Para tanto, Mari avalia as camadas a serem criadas por meio da parede e da cabeceira, como também a combinação entre os materiais e as texturas. “Esse trabalho fica exuberante e se expressa como uma obra de arte”, revela a arquiteta.

A personalização de camas sob medida

Para quem procura uma outra solução de cama solta, principalmente quando o espaço é compacto e a disposição do dormitório não bate com os modelos de camas disponíveis, a profissional explica que é possível contar com uma versão sob medida. “Em geral, essa oportunidade resolve o dilema da escassez de espaço, já que além das dimensões necessárias, adaptamos as referências para a execução de gavetas e baús”, analisa. 

Sobre a arquiteta Mari Milani

Formada em arquitetura e urbanismo em 2009, pós-graduada em master arquitetura em 2012, com mais de 200 projetos realizados em lares e negócios, Mari Milani está sempre presente nas maiores feiras e eventos de design do mundo acompanhando e trazendo as últimas tendências de mercado para seus clientes.

Para ela, a construção de um ambiente transformador vai além de erguer paredes e distribuir cômodos; é a habilidade de criar um espaço que reflita a personalidade e os sonhos de cada cliente, pensando sempre no conforto e segurança. Cada projeto é uma oportunidade de criar sensações diferentes e únicas, seja por meio da iluminação, do formato ou da decoração.

www.marimilani.com

@marimilani_arquiteta

  1. Marina Jacomini, Nº 57 – Santa Paula, São Caetano do Sul – SP
fotos: Erika Urbino/Rafael Ramos