Alessandra Gandolfi propõe reconexão em suíte de hóspedes confortável e integrada

Quarta participação da arquiteta na CASACOR explora diversidade de texturas em ambiente rico em detalhes

Conforto, beleza e funcionalidade são o trinômio que define a Suíte de Hóspedes, projeto da arquiteta Alessandra Gandolfi para a CASACOR Paraná 2018.

A profissional utilizou toda a sua experiência e criatividade tirando o melhor de cada fornecedor para transformar o ambiente num agradável espaço de permanência, onde o casal de hóspedes é convidado a se sentir em sua própria casa.

O olhar do espectador é atraído inicialmente pela cama Natuzzi Itália estofada em couro na cor telha, o coração do ambiente. O permanecer mais longo revela outros elementos preciosos do projeto de interior como a diversidade de tonalidades, detalhes e texturas. A ideia principal foi projetar um espaço que, a despeito de um cotidiano acelerado, transporta o hóspede para momentos de descanso e reconexão consigo mesmo e com seu parceiro.

Para que isso ocorra, o desenho integrou quarto e sala de banho com uma grande divisória de vidro. Uma persiana automatizada pode ser acionada para estabelecer privacidade. Do quarto, é possível ver a bela caixa de mármore Paraná Calcata Oro do banheiro, onde teto, parede e piso se integram. No mesmo material, um banco desenhado pela própria arquiteta “brota” do chão criando a sensação escultórica de continuidade. Na entrada da sala de banho uma outra caixa, em madeira, faz a transição entre os dois ambientes. O tampo da pia em mármore Cerro Portoro negro com veios dourados sofistica o espaço.

Ainda como elemento de integração, a porta do armário também ganhou vidro transparente. A marcenaria deste móvel foi desenhada por Alessandra com peças soltas – que podem ser retiradas com facilidade – e gavetas revestidas externamente de couro e internamente em MDF que lembra tecido Chevron – um presente para o hóspede! O gaveteiro e a mesinha de cabeceira também foram projetados pela arquiteta. Para a produção, Alessandra usou acessórios de designers locais, o que torna essa parte íntima ainda mais desejável.

“A ideia da integração dos espaços, quarto-banheiro, quarto-armário, é facilitar o dia a dia das pessoas que estão por um período na casa. Idealizei um casal com muitos afazeres, mas que ao final do dia encontra no quarto um refúgio onde está tudo a mão, com conforto e privacidade”, diz a arquiteta.

Clima aconchegante

No piso do dormitório o revestimento vinílico ganhou colocação diferente do tradicional formando o clássico desenho espinha de peixe. Esse detalhe adentra o banheiro e sobe pela parede do quarto dando uma atmosfera retrô ao ambiente.

Os elementos de decoração – objetos, plantas e quadros – também trabalham para dar um clima intimista e confortável. Fotografias de natureza do artista Raul Frare e a foto sobre tela do artista plástico Eleutherio Netto reafirmam a ideia da reconexão com as coisas da terra. Plantas preservadas, uma técnica italiana trazida com exclusividade para a mostra, formam uma parede verde na entrada do banheiro.

O design de interior privilegia cada canto com texturas, volumes e materiais diversos. A cortina em tecido, a manta e almofadas em crochê e o tapete em nylon com desenhos orgânicos “aquecem” o ambiente. O tom de metal eleito é o dourado envelhecido que aparece nas luminárias decorativas e nos metais do banheiro; uma tinta metálica no mesmo tom foi desenvolvida com exclusividade para a pintura de pés, divisórias, toalheiros e perfis dos móveis proporcionando sofisticação nos acabamento. Do mobiliário solto, destaque para peças de design assinado: a premiada poltrona Yori, de Ronald Sasson, e a mesinha Y de Jader Almeida. O espelho do quarto é Studio Nada se Leva.

Sempre muito atenta à questão luminotécnica, Alessandra desenvolveu uma iluminação totalmente personalizada e automatizada. O sistema possibilita sete cenas diferentes de intensidade de iluminação no quarto e na sala de banho, dependendo da atividade dos hóspedes. Por meio da automação, também é possível controlar a abertura das persianas assim como o som ambiente, que sai de caixas embutidas em locais estratégicos do espaço.

Alessandra Gandolfi é arquiteta graduada pela PUC-PR, com mestrado em Interior Design pelo Politécnico di Milano, em Milão, na Itália. Vive em constante atividade de aprendizado, frequentando galerias, feiras e salões no Brasil e no exterior. A profissional está a frente do seu escritório desde 2000, atuando em diversos segmentos, com destaque para projetos residenciais e comerciais de alto padrão. Em 2015 inaugurou uma nova estrutura no bairro Água Verde, de onde encabeça uma equipe qualificada para dar suporte ao cliente em todas as etapas do projeto. Seus projetos tem ganhado destaque nas principais publicações do setor. Em 2018, participa da Casa Cor Paraná pela quarta vez.

Casa Cor Paraná 2018

Suíte de Hóspedes

Alessandra Gandolfi

www.alessandragandolfi.com.br

 

Visitação até dia 01 de julho

Terça a sexta-feira das 15h às 21h

Sábado e feriados das 13h às 21h

Domingo das 13h às 19h

Mansão na Rua Sergio Pereira da Silva

Rua Sérgio Pereira da Silva, 10 – Pilarzinho

crédito fotos: Daniel Katz