Dores no quadril ao andar? Isto pode ser sério

Geralmente acomete pessoas com a degeneração da idade e traumatismos locais devido a esportes, como corridas e levantamento de peso

Existe componente genético com história familiar positiva. Alterações reumatológicas, da forma do osso (nascimento e desenvolvimento da criança). Traumatismo, como fraturas, luxações. Infecções na articulação. Necrose.

Os ossos do quadril são revestidos por um tecido muito liso e macio, a cartilagem articular. Esta está nas extremidades dos ossos, ajuda a articulação do quadril a deslizar suavemente e pode desgastar. Denominada como “Coxartrose”, assim como nas outras articulações que carregam o seu peso, seus quadris podem estar em risco se desenvolver o problema.

Segundo o Dr. Guilherme Stratmann, especialista em cirurgia de quadril, no Hospital XV, instituição de tradição de Curitiba, “o primeiro sinal pode ser um pouco de desconforto e rigidez na virilha, nádega, coxa que irradia para joelho.  As dores podem ser mais fortes quando estiver em movimento e devem melhorar quando em descanso. Se o paciente não receber tratamento para osteoartrose do quadril, sua condição ficará pior e até em descanso não haverá alívio da dor. A articulação do quadril ficará rígida e dolorosa. Osteófitos podem formar-se nas arestas da articulação, popularmente chamados de “bicos-de-papagaio”, explica.

Quando a cartilagem se desgasta completamente, os ossos esfregam-se diretamente uns nos outros, causando muita dor durante o movimento. “A capacidade de girar, flexionar ou estender o quadril poderá ser perdida. O indivíduo pode tornar-se menos ativo, a fim de evitar as dores nos músculos que controlam sua articulação. Existe a possibilidade de o paciente começar a mancar”, alerta ele.

Enquanto não for possível reverter os efeitos da osteoartrose, o tratamento não cirúrgico precoce com uso de suplementos alimentares pode ajudar a evitar a dor, a incapacidade e a lenta progressão da doença. A cirurgia poderá ajudar se a condição já estiver em grave processo.

“Quando o desgaste já está muito intenso, não há mais cartilagem para ser preservada. Nestes casos, a osteoartrose é grave, o quadril estará severamente afetado”, destaca.

Assim, o médico poderá recomendar uma cirurgia de substituição total da articulação (artroplastia ou prótese de quadril). “Os cuidados e a reabilitação são importantes para restaurar a flexibilidade desta parte do corpo e trabalhar os músculos para voltarem a ter a força necessária”, finaliza Dr. Stratmann.

Serviço: Hospital XV

Dr. Guilherme Stratmann

Ortopedia de Quadril

41 3218-2000

Rua XV de Novembro, 2223 – Alto da XV, Curitiba – PR.