Criança precisa de estímulo

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Profissionais explicam como o conceito montessoriano, uma tendência na decoração de quartos infantis, é capaz de estimular e desenvolver o crescimento e autonomia das crianças

Uma das grandes tendências em decoração, que teve um verdadeiro boom em 2018, é o conceito montessoriano. Principalmente usado na decoração dos quartos infantis, ele visa o desenvolvimento da criança por meio do estímulo à sua autonomia. As designers Linda Martins e Cris Araújo, do escritório Maraú Design Studio explicam como utilizam esse conceito em seus projetos.

“Os produtos ficam mais à mão para que a criança sozinha possa manipular. A cama é mais baixa o que permite que ela possa entrar e sair no móvel quando quiser. Os brinquedos são colocados em baús e nichos baixos para que possam pegar e guardar os brinquedos. Cadeiras e mesas baixas para que ela se sente e levante sozinha. Tudo é feito para que a criança possa fazer sozinha o que quiser sem ter que sempre pedir auxílio a um adulto”, explicam.

Ao utilizar esse conceito na decoração do ambiente é precisar estar atento a alguns cuidados, que devem ser tomados, como prestar atenção com o mobiliário a ser inserido no quarto, por exemplo. “É importante comprar linhas específicas de móveis que já tenham altura próprias para cada faixa de idade, onde as quinas são arredondadas, o espelho é específico para crianças e vem com uma película protetora que, caso quebre, faça com que o vidro não estilhace. Quando a gente fala de criança é preciso ter um cuidado maior, por isso é preciso fazer essa escolha de forma bem pensada. Não se pode adaptar um móvel qualquer para fazer esse tipo de decoração”, revelam Linda e Cris.

Em um de seus projetos, as profissionais criaram uma ambientação lúdica e autônoma para um bebê, desde os seus primeiros dias de vida. No chão, nichos com brinquedos que serão utilizados pela criança e um espelho com barra para segurar – para que o bebê consiga se reconhecer. “As prateleiras com livros, hoje, estão no alto, mas com a saída da cômoda, ficarão ao alcance da Valentina, para que ela possa pegá-los sozinha. A cama fica rente ao chão, o que evita pequenos acidentes e facilita para que a pequena possa entrar e sair da mesma”.

Além de um mobiliário e acessórios que sejam voltados à independência da criança, a alegria do ambiente não pode ficar de fora através da inserção de cores. “A alegria fica por conta do uso de papel de parede e os adornos como quadros e almofadas. Todos, também, baseados no método Montessori”, encerram.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.